Nome: SEU NOME
Idade: SUA IDADE
Nasci dia: NÍVER
Gosto de: ESCREVA AQUI AS COISAS QUE VOCê GOSTA!
Detesto: ESCREVA AQUI AS COISAS QUE VOCÊ NÃO GOSTA!

Histórico.:

-20/01/2008 a 26/01/2008
-13/01/2008 a 19/01/2008
-06/01/2008 a 12/01/2008
-30/12/2007 a 05/01/2008
-23/12/2007 a 29/12/2007
-16/12/2007 a 22/12/2007
-02/12/2007 a 08/12/2007
-25/11/2007 a 01/12/2007
-11/11/2007 a 17/11/2007
-04/11/2007 a 10/11/2007
-21/10/2007 a 27/10/2007
-14/10/2007 a 20/10/2007
-07/10/2007 a 13/10/2007
-30/09/2007 a 06/10/2007
-23/09/2007 a 29/09/2007
-09/09/2007 a 15/09/2007
-02/09/2007 a 08/09/2007
-26/08/2007 a 01/09/2007
-19/08/2007 a 25/08/2007
-12/08/2007 a 18/08/2007
-05/08/2007 a 11/08/2007
-22/07/2007 a 28/07/2007
-15/07/2007 a 21/07/2007
-01/07/2007 a 07/07/2007
-24/06/2007 a 30/06/2007
-17/06/2007 a 23/06/2007
-10/06/2007 a 16/06/2007
-03/06/2007 a 09/06/2007
-27/05/2007 a 02/06/2007
-20/05/2007 a 26/05/2007
-13/05/2007 a 19/05/2007
-06/05/2007 a 12/05/2007
-29/04/2007 a 05/05/2007
-22/04/2007 a 28/04/2007
-15/04/2007 a 21/04/2007
-08/04/2007 a 14/04/2007
-01/04/2007 a 07/04/2007
-25/03/2007 a 31/03/2007
-18/03/2007 a 24/03/2007
-11/03/2007 a 17/03/2007
-25/02/2007 a 03/03/2007
-18/02/2007 a 24/02/2007
-11/02/2007 a 17/02/2007
-04/02/2007 a 10/02/2007
-28/01/2007 a 03/02/2007
-07/01/2007 a 13/01/2007
-17/12/2006 a 23/12/2006
-10/12/2006 a 16/12/2006
-26/11/2006 a 02/12/2006
-19/11/2006 a 25/11/2006
-05/11/2006 a 11/11/2006
-22/10/2006 a 28/10/2006
-08/10/2006 a 14/10/2006
-17/09/2006 a 23/09/2006
-27/08/2006 a 02/09/2006
-13/08/2006 a 19/08/2006
-16/07/2006 a 22/07/2006
-09/07/2006 a 15/07/2006
-18/06/2006 a 24/06/2006
-28/05/2006 a 03/06/2006
-14/05/2006 a 20/05/2006
-30/04/2006 a 06/05/2006
-16/04/2006 a 22/04/2006
-09/04/2006 a 15/04/2006
-02/04/2006 a 08/04/2006
-29/01/2006 a 04/02/2006



Outros sites.:

- UOL - O melhor conteúdo
- BOL - E-mail grátis

Visitas.:



Layout e HTML by.:




Mea Culpa

Povo, errei o endereço: Meu novo blog está aki http://doabsurdoaosuicidio.blogspot.com

Valew!



- Postado por quem? Cara Estranho Quando? 10h10
[ ] [ envie esta mensagem ]

------------------------


La Verité, the true ou a verdade!

 

Aviso de Despejo: Venho por meio desta informar que fui despejado do

meu apê aki. Aham, meu email  está com o pescoço na guilhotina e preferi

a eutanásia. Sim, porque as vezes medidas drásticas são necessárias.

Agora eu moro aki: http://doabsurdoaosuicidio.blogspot.com Por favor,

apareçam lá! Abraços. Os posts criados continuam passíveis de

consulta e visitação. Foi incrível blogar aki mas tema será ótimo lá,

se vocês estiverem comigo, sempre...



- Postado por quem? Cara Estranho Quando? 11h29
[ ] [ envie esta mensagem ]

------------------------


Da sensação de morrer e voltar!

 

 

 

     Hoje vinha da casa de um amigo pra casa da minha sobrinha muito especial e lendo Nietzsche e divagando em existencialismos quando penso: "Estranho, eu já morri e voltei tantas vezes". Da estação Luz (não é a luz no fim do tunel, rs!) até Santana rolou um flashback todo hollywoodiano em busca do meu primeiro retorno da morte! Não, nunca vi a morte como um tema macabro não! Acho que o homem do Ocidente deveria ser menos descontrol com este tema que é tão natural quanto perder os dentes de leite ou ter uma fratura exposta (deve doer, felizmente não o digo por experiência própria).

     As coisas são muito enigmáticas as vezes. Por isso acho que Deus existe! Sim porque Ele não pode ser uma grandeza inteligível, apenas contemplado, admirado, louvado...Voltando: a primeira vez que eu morri foi uma sensação muito transcendental e ao mesmo tempo surreal, quase assim onírica. A arte de um modo geral sempre exerceu grande atração em mim. Eu moro ao lado da casa de uma bailarina, a propósito uma prima minha que se chama Fabiana e era bailarina. Eis que um dia, eu com os meus longos e bem vividos 8 anos subi no muro apos ouvir o som convidativo de um gravador de pilhas. Era um clássico. Mozart, Beethoven, Bach ou algo que a minha erudição da primeira década de minha existência não permite precisar. Fui enlevado pelos suaves movimentos da dançarina que sincronizavam perfeitamente com a música que ecoava ao fundo, doce, éterea, passional! Eis que acontece a grande tragédia: A madeira que sustentava meus prováveis 15 kilos cedeu me fazendo ficar pendurado pelo pescoço em uma coluna de ferro. Fiquei com tontura e já com saudade da minha mãe (seria isso a questão freudiana do complexo de Édipo?) em alguns milésimos de segundos após várias sinapses cerebrais eu lembrei em agarrar o muro novamente! Eis aí minha salvação. Atônito não sabia mais o que fazer. Gritar ao mundo "Estou vivo, a vida é bela"? Esperar acabar aquele espetáculo gratuito embora roubado e com a astúcia dissimulada que apenas voyeurs possuem? Eu voltei pra vida e pra minha mãe! Após ver meu pescoço marcado me cobriu de beijos e recomendações puramente maternas. E eu vivi de novo. E estou vivo há 23 anos.

      Claro que a vida sempre se encarrega de nos matar e nos trazer de volta a nota. Figurada ou literalmente nenhum ser humano escapa a esta regra...



- Postado por quem? Cara Estranho Quando? 00h43
[ ] [ envie esta mensagem ]

------------------------


Anacrônico ( ou Porque tudo passa... )

 

 

 

 

06 de Janeiro de 2003

 

  

   Estamos no ano de 2003 já e a principal mudança da minha vida será deixar de ser covarde e me aceitar do jeito que sou sem querer mudar o que penso, pareço ou vivo!

   Agora já era, vou aceitar as conseqüências dessa vida podre e falsa que as pessoas insistem em embelezar exteriormente. Já que todos querem que eu assuma minhas responsabilidades, pois bem, vou fazê-lo.

   Nesta ano novo quero ser simplesmente eu mesmo, fazer tudo que eu quiser sem ficar com medo do que os outros podem pensar! Porque não tem nada mais foda do que se arrepender de uma parada que não foi feita...Concluo este diário com estas palavras que farão eu sofrer um pouco mas me libertará: Gostei de escrever meus sentimentos, emoções, e frustações no ano passado, porém não sei se vou continuar fazendo isso... Termino como tudo de ser terminado. Fim

 

(Texto escrito há alguns anos, encontrado em um diário. Relembrei que fui um adolescente bem igual aos outros)

 

 

 



- Postado por quem? Cara Estranho Quando? 17h40
[ ] [ envie esta mensagem ]

------------------------


2007: Um ano tipo assim muito irado!

 

 

 

Acabou gente! 2007 acabou Puf! Puf! Puf! (barulho de fogos). Eu tenho o prazer de vir aki agradecer a todos que colaboraram com o  meu blog! A melhor coisa é saber que mesmo num país onde ainda há muito o que consertar existe vida inteligente. Isso é tri animador.
   Pra mim foi um ano incrível: Consegui finalmente passar em uma universidade pública, chorei um pouco mas ri demais. Cai na rua mas me equilibrei durante 12 meses. Ajudei pessoas e recusei outras! Me encantei com a existência e tive ímpetos de sumir de mapa, jogar tudo pro alto!
   As coisas mais incríveis que aconteceram este ano foram:
 Ver shows de bandas legais tipo Ludov e Pitty, Ir bastante ao cinema e ver coisas alternativas, Comprar meu I-pod (pra um viciado em música isso significa muito), Namorar bastante (quebrei meu recorde de 3 meses), Conhecer Espinosa, Adorno, Horkheimer, Hume que são caras muito firmeza!
   Mas o mais importante mesmo é olhar pra trás sem arrependimentos, sem mágoas nem ressentimentos. Claro que manés insistem em aparecer na nossa vida, mas de certo modo isso também rende mais assunto, não? O barato é o contigente: Quão monótona seria a vida se soubéssemos de tudo e de todos!
Eu abandonei meu emprego: Dedicar-me-ei (quase que) exclusivamente à vida acadêmica, continuar com o estágio em Inglês e escrever um projeto de iniciação científica. Farei a minha parte. Vou conquistar tudo o que eu quero!
Sei que vou. Ah e também tenho novas idéias para o Blog, receio que vocês gostarão! Aliás, de Natal eu também ganhei um lay novo da Thaís (mynothing.zip.net), muito linda ela. Eu desejo a todos um  Feliz 2008! Que todos nossos sonhos se realizem. Que seja um ano bem da hora para nós todos, que possamos rir da existência, que continuemos inconformados com o mundo, que nos revoltamos com a opressão, que continuamos tentando entender as coisas e nós mesmos.

São os mais honestos votos de Wagner Tavares!

 



- Postado por quem? Cara Estranho Quando? 15h41
[ ] [ envie esta mensagem ]

------------------------


Feliz Natal!
 
 
   Eu desejo a todos que passam por aki um Feliz Natal, cheio de paz e felicidade! Que o conhecimento se sobreponha à superstição. Que o bom senso se sobreponha à hipocrisia!  Que o senso de humanidade se sobreponha ao consumismo exagerado. São os mais sinceros votos de Wagner Tavares!


- Postado por quem? Cara Estranho Quando? 07h56
[ ] [ envie esta mensagem ]

------------------------


 

Féééééééééééérias!!!
 
 
 
Francês -----------------------------10
Inglês  ------------------------------10
Epistemologia / Filosofia da Ciência ---------------9,0
Filosofia Geral II ---------------------------8,5
Leitura e interpretação de clássicos ---------------7,5
História da Filosofia Moderna -------------------6,0
 
Fechar o semestre sem exame nem DP: Tudo de bom e de melhor!


- Postado por quem? Cara Estranho Quando? 09h00
[ ] [ envie esta mensagem ]

------------------------


Então é Natal, o que você fez? Fui ao cinema!

   Nossa, eu adoro quando o meu blog fica tão cheio de comentários assim. Isso é tão gratificante! Mas beleza, o Natal e tudo o que lhe corresponde está aí e cada um acredita no que quer, faz o que quer, compra o quanto quer, pq se estamos numa República que se pretende Democrática, as  pessoas tem todo este livre arbítrio.
   Dando uma guinada no assunto, digamos que seja um giro de 360 graus porque este é um outro clichê!
Os melhores filmes do ano: acho que 2007 foi um ano incrível para a indústria cinematográfica, muitas produções legais e por isso vou deixar a minha lista do Top 5!
 
1. Scoop
2. 300
3. Maria Antonieta
4. Diamante de Sangue
5. Viagem a Darjeeling
 
E vocês do que gostaram na telona este ano?


 



- Postado por quem? Cara Estranho Quando? 07h36
[ ] [ envie esta mensagem ]

------------------------


Dezembro ou aquele-mês-onde-tudo-acontece-igual

 

 Meu pé estranho, meu i-pod e a casa do Vi!

 

   Hmmm! Errhhh...Dezembro! Mas por que tudo acontece tão igual no mês de Dezembro?
   Por que as pessoas colocam luzes nas janelas e arvóres e enfim... O que é tudo isso aqui? Quero dizer, no Brasil? Que raios de Papai Noel nacional usaria aquele uniforme vermelho com aquele cinturão preto, toda aquela barba, cabelo branco, pele nórdica. Não parece que há alguma coisa fora de ordem ali? Será que ninguém percebeu que a importação destes valores europeus não coube aqui nos trópicos? Eu acho que o Papai Noel daqui deveria ser bem miscigenado, deveria usar um shorts e havaianas daquelas que tem o solado branco porque custa metade do preço das coloridas e um quarto do preço daquelas com bichinhos, motivos de surf ou alguma firula do gênero. Em tempos de crise o bom velhinho precisaria usar da criatividade. Ele também precisaria ter gingado e uma propensão natural ao jeitinho só nosso ( lê-se "malandragem").
   Quem sabe ele não tentaria ser vereador no mesmo partido da Gretchen e da Sabrina Sato?  No final ele esperaria começar o ano, que óbviamente é só depois do carnaval, para organizar os pedidos, tentar entender driblando os erros de português, talvez até o meio do semestre ele já teria uma planilha no Excel...o resto do ano é pra esperar os próximos pedidos.
 
   Gente, eu quero deixar a idéia de um post não óbvio em Dezembro. Pode ser qualquer coisa, você ser sobre ovos-de-páscoa, pode ser sobre a arte de tomar pés na bunda, pode ser nonsense. O importante é não ser óbvio. Obrigado!


- Postado por quem? Cara Estranho Quando? 10h37
[ ] [ envie esta mensagem ]

------------------------


Visão do Paraíso ou visão do Inferno?
 

Sampa em sampa.nafoto.net

 

   Revolta. Angústia. Medo. Temor. Insegurança. Pânico. Desordem. Incompetência. Temor. Incredulidade.
   Eu gosto de São Paulo. Eu acho que a cidade é tão vítima como eu. Mas o que me assusta são os homens. Nem fantasmas, assombração, filmes do Quentin Tarantino, tudo isso não me assusta!
   Não sei porquê eu fico impressionado com a violência urbana. Não sei porquê eu não sei pular por cima de um homem baleado e subir as escadas da estação Sé de metrô* sem chorar e me encher de pavor!
Eu não sei mais.  Eu não tenho mais medo do inferno. A coisa aki em cima está tão punk que la embaixo deve estar mais sussa. Eu não sei...eu não não sei...eu não sei...
 
 
 
 
* Ontem houve um tiroteio na estação Sé do metrô por volta de 13h. Assaltantes e policial trocaram tiros no meios dos civis que aguardavam o trem. 7 pessoas ficaram feridas, muitas foram também pisoteadas. Mais detalhes em: http://www1.folha.uol.com.br/fsp/cotidian/ff0112200701.htm


- Postado por quem? Cara Estranho Quando? 11h50
[ ] [ envie esta mensagem ]

------------------------



Um cara estranho ou a essência das coisas
 

Um Cara Estranho

 

Gente, vocês já repararam que eu nunca expliquei assim (cyber) publicamente a origem de cara estranho? Quis dizer do nick e não do sujeito? Então, dá pra perceber que eu sou uma pessoa mais instrospectiva, centrada e observo como ninguém o mundo ao meu redor.
   No entanto quando eu era guri eu era extremamente tímido e a minha auto-estima estava tipo, 876.0653.00 metros abaixo do nível do mar. O único objetivo meu era mesmo entrar na parede.
   Quando eu passei para a oitava série eu troquei de escola; passei do ensino público para o particular, pois meu pai se aposentara e queria que eu tivesse uma educação mais rígida porque como ele sempre disse "você não nasceu pra trabalho pesado, tem que ficar numa mesinha com um computador". Meio irônico, meio profético agora mesmo eu estou trabalhando em um computador em uma mesinha.
   Voltando ao nick. Esta personalidade quase que taciturna me deixava sempre meio isolado do mundo e distante de tudo; não tinha amigos no colégio, não era popular, nunca pegava sol e ao invés de fazer educação física eu fugia para a biblioteca e lia revistas de atualidades. Foi assim que surgiu o "cara estranho". Como um ponto de referência, uma piadinha de garotos inseguros de classe média e de toda a esfera sarcástica e cruel que ronda a adolescência.
   Depois de um tempo eu realmente cresci: fiz teatro, virei cara de pau, voltei ao normal, hoje falo com todo mundo, tenho muito amigo legal por perto, me amo, sei que sou único e por isso preciso ser eu mesmo! E até falo bem nos seminários da faculdade. O mais recente, sobre Rousseau, foi bastante elogiado.
Ai veio também Los Hermanos com a música cara estranho que eu acho que dialoga muito, não só comigo mas com o homem contemporâneo aqui do Ocidente como um todo.
Voilà! Foi isso! Achei bem legal e acabou pegando!
   Talvez isso seja o legal da existência: o próximo segundo é improvável! E o ano que vem? E a década que vem? E o século? Se eu ainda estou vivo é porque eu cresço, eu amo, eu estudo e eu cresço. E eu blogo, e vocês comentam. Isso é show de bola!

 

 

 


- Postado por quem? Cara Estranho Quando? 09h40
[ ] [ envie esta mensagem ]

------------------------


Um cara estranho recomenda
 

foto de "Lírios d'Água"

 
   A-lí-vio! Esta é a palavra que marca o início da minha semana. Eu entreguei o trabalho de medieval, de filosofia da ciência, fiz uma dissertação sobre Jean-Jacques Rousseau e uma monografia sobre Theodor Adorno e Mário de Andrade!
   Um montante de 35 folhas em Microsoft Word, tamanho 12, fonte Arial e um sem-fim de caracteres, pensamentos, deletes e bah...stress! Mas mudei de fase, passei de tela. Agora é aquela parte na qual a gente espera as boas notas. Claro que o acaso às vezes vai querer tornar nossa vida mais emocionante, com um exame, uma DPzinha básica, coisa e tals.
   Agora é hora de respirar um pouco, voltar ao ritmo normal de aulas até Dezembro e usufruir um pouco da vida ordinária. Ai que entra o título do texto:
Hoje eu  infelizmente terei que ser meritocrático e dizer que São Paulo é realmente multifacetada do ponto de vista da cultura.
   Esta semana começa a 15º Festival MixBrasil - Cinema da Diversidade Sexual, um evento muito interessante que dialoga não com a questão homossexual para o gay exclusivamente mas com a toda a sociedade: a influência da religião no imaginário coletivo, a indústria cultural, a homofobia, a falta de informação e o auto-preconceito das minorias sexuais.
   Com conhecimento de causa eu posso dizer que o evento é legal, não-caricato e não-vitimizado. Eu vi por exemplo um documentário ano passado chamado "Além do Arco-Íris" que discutia a união civil gay na Polônia. E lá a coisa é punk! Rola uma parada gay e uma não-parada!
Aqueles caras carecas saem pra rua com pitbulls, paus e pedras e afins. E olha que estamos falando de homens, seres dotados de telencéfalo altamente desenvolvido, e também se trata de homens que vivem na Europa. E ,ironicamente, o lado dito "Primeiro mundo" da Europa.
   Este ano o Mix começa hoje, 13 de Novembro e vai até dia 25. A programação pode ser consultada em:
http://mixbrasil.uol.com.br/mp/upload/noticia/16_158_64036.shtml


- Postado por quem? Cara Estranho Quando? 06h57
[ ] [ envie esta mensagem ]

------------------------


Da paz que eu tanto quero?

 
 
 
 
 
 

    

Paz. Eu vi no blog do Marcelo que está rolando uma blogagem coletiva cuja tema é a paz. Mesmo com uma monografia, um seminário escrito, um outro trabalho de medieval e mais um de inglês
eu só fico em paz quando vejo meu blog atualizado. Sabe que eu acho que nem lendo toda a biblioteca de Alexandria eu descobriria se haveria paz entre os homens aki neste planeta?
Porque não, o problema do mundo não é o aquecimento global, não é o real, não eh o Fernando Collor de Melo não foi a ditatura militar e nem foi o D. Pedro II. A problemática toda é muito anterior. Até onde eu li essa guria que atende pelo menos de paz é discutida há 23 séculos e começou lá na Grécia clássica!
   O que mostra a História? Mostra que desde que o mundo é mundo a coisa é assim bagunçada. Mostra que imperadores pisaram no pescoço do próprio pai na ânsia pelo poder. Mostra que a religião era uma instituição muito mais financeira do que instrumento pra exercício da fé. E se nós voltarmos para a Natureza? Ela é harmônica ou desarmônica? Estava certo o autor que diz que o homem civil deve retomar valores de um homem natural ou aquele que diz que na natureza o que vale é a  potência, o conatus como se diria em latim, ou ainda aquele que diz "O homem é o lobo do homem" ?
E como idenficá-la? Quando tudo está sob controle nós temos a paz ou a inércia? O brasileiro é pacifista? O homem é passivo? Eu sou voltado naturalmente à paz ou a guerra? E todos esses sentimentos que se debatem no meu kbeção? E o Id, e o Ego e o SuperEgo? Freud explica?
Será que a paz é este elemento tão assim mágico que a gente só encontra em outro plano? E o fatídico "Descanse em paz" quando alguém se vai? E se a paz for uma daquelas palavras cada um apreende de um jeito diferente? Porque eu também descobri que ela vem do latim, era pax!
É assim mesmo, quase cético que eu termino este post. Pra mim, à medida que a vontade do homem é infinita a paz se torna inatingível! Enquanto o Estado for administrado por homens a paz é um tesouro perdido. Fiquem em paz (ou não).

  Para ouvir: Dorme em Paz - Ludov
 



- Postado por quem? Cara Estranho Quando? 08h03
[ ] [ envie esta mensagem ]

------------------------


A história é nova; o tema é muito antigo!

 

 
  Aproximadamente 50 estudantes desocuparam na madrugada de hoje o campus da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) em Guarulhos (Grande São Paulo). Policiais da Tropa de Choque foram nesta madrugada executar o mandado de reintegração de posse, expedido ontem à tarde pela juíza Adriana de Zanetti, da 2ª Vara Federal do município.  A invasão do campus ocorreu há oito dias em protesto contra o Programa do governo federal de Apoio a Planos de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais, o Reuni.
  Segundo o 3º Batalhão de Choque, 130 policiais militares da companhia e mais quarenta 40º Batalhão da PM de Guarulhos participaram da ação. Por volta das 3h de hoje, os manifestantes começaram a sair pacificamente, sem que a policia entrasse no prédio. eles saíram levando colchonetes e outros pertences.

 

* Este foi o texto publicado dia 24/10 pela Folha de São Paulo



- Postado por quem? Cara Estranho Quando? 07h26
[ ] [ envie esta mensagem ]

------------------------


E Pra que todo este escândalo?
 

photo by Elisa Sassi

 
Esta semana a coisa ficou beem estranha na minha faculdade. E aí eu pensei muito e de maneira muito cautelosa sobre os fatos que acontecem, vamos a eles:
 
1. O governo federal pára de se preocupar com o ensino superior. A verba liberada para as pesquisas são menores, conseguir uma bolsa no exterior é quase ganhar na loteria. Fala- se muito em expansão mas sem um preparo, sem um estudo das implicações práticas que tais ações acometem. Uma Universidade Federal não é um espaço físico, alguns professores e qualquer quantidade de livros numa biblioteca. É necessário ter uma infra-estrutura.
2. A comunicação entre os campus em uma universidade está cada vez mais "diálogo de surdos que não usam linguagem de sinais".
3. Política estudantil tá uma coisa Punk! Nem os próprios alunos se entendem!
4. O sucateamento do ensino público já verificado no ensino fundamental e médio é uma ameaça muito desconfortável para estudantes universitários.
5. Assistência estudantil é uma expressão que não faz parte do vocabulário dos organizadores de muitas instituição de ensino superior.
   O fato é que ocorreu uma situação de agressão física contra os alunos da Unifesp- guarulhos que pretendiam participar do Reuni. O Reuni é (a grosso modo) um projeto do governo que visa a expansão das federais. Lembrando que o conceito de expansão neste caso dista muito do previsto pela norma culta da gramática. Ao tentar entrar na reunião o grupo de 20 alunos foram violentamente agredidos e o pior, privados de serem atendidos no Hospital São Paulo (ironicamente administrado pela Unifesp).
   Este fato culminou na paralisação de aulas e posse na administração da instituição. Por hora há algumas discussões mas nada de concreto foi resolvido.
   Particularmente eu acho que as coisas aconteceram de modo a nos deixar sem uma posição muito fundamentada. Por um lado é muito medonho ver um ato de violência dentro de uma Universidade e sobretudo uma federal que tem cursos de humanas. Por outro a experiência mostra que ocupações universitárias não são muito interessantes do ponto de vista prático. E quem já leu o Tratado Político do Espinosa deveria saber muito bem. Antes basta ver o que rolou na Usp há uns meses antes.
   Eu sou contra a ocupação porque neste contexto ela soa extremamente precipitada e rasa. Mas ficar de braços cruzados esperando as coisas (não) acontecerem é triste. Aqui fica o desabafo de um estudante universitário que quer uma educação verdadeira e legítima.


- Postado por quem? Cara Estranho Quando? 11h18
[ ] [ envie esta mensagem ]

------------------------